2017,  Textos

Não

Eu acho que não te amo mais. E isso dói. Eu não sei se faço isso porque eu não queria nem saber qual é essa sensação, ainda mais quando se trata de você.

Eu não sei se é porque te amar me faria sofrer, então eu prefiro acabar o quanto antes.

Porque quando eu não estou com você, eu de repente não sinto mais a sua falta, eu me acostumo com sua ausência, eu fico cheia de medos, e dedos, e horários.
E eu de repente não gosto de quem eu me torno.

Talvez tudo seja um teatro, eu fazendo meu drama para que você venha atrás de mim.
Porque eu preciso de contato, de presença, de saber que você está comigo até quando não está.

Eu não sei nem se eu estou feliz,
eu acho que não.

Porque eu deveria estar,
Ser feliz.

Eu queria tanto de você, e essas coisas que você não pode ter, ser ou me dar.
Eu me apaixonei pela ilusão de você, tudo que eu consegui te fantasiar.

Eu não sei se estou me impedindo de estar com alguém que estaria comigo.
E você se apaga para mim.
E eu não sei o que fazer.

Não sei se será pior sem você.

Eu não sei se apenas desisto, ou insisto.

Porque eu não estaria assim.
Eu não me sentiria assim, nem por um momento que fosse,
se fosse você.

Não me acostume com sua ausência,

 

Não me deixa.

Não me deixa perceber que eu me odeio quando eu estou só.

E que é mais fácil não lutar.

 

Por que eu venho tentando me enganar?

Eu tenho medo de olhar para você.

 

E sentir o que eu não quero sentir:

Não sentir.

 

Não amar aquele a quem se ama.
Essa dor, ela é pior do que sentir que não se é amada.

Eu acho que eu esperava mais.

Eu não sei se foi você que mudou, ou eu.

Eu não sei se estou esperando demais.

Eu devia ter te dito mais que te amava enquanto eu podia.

A última coisa que eu quero é te machucar.

Tudo o que eu tenho que suportar…
Me  enganar.

 

Por: Isadora Mello, 2017

Créditos da Imagem: Wehearit

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *