2018,  Textos

Carta

Te envio esta carta com a intenção de dizer que você que não está sozinha.

Sei que agora você não consegue compreender o que está a passar com você, que se percebe fraca, frágil, triste, decepcionada, sem esperaças. Sei que a única pessoa que poderia te salvar neste momento é a mesma pessoa que você não pode compartilhar seus medos. Sei que você quer respostas, mas não pergunta porque você sabe que suas perguntas podem incomodar, são repetitivas, e no final, você está propicia a escutar o que não quer ouvir.

Mas se prepara, não deixe que as palavras fiquem aprisionadas dentro de você, de maneira a te fazer ainda mais mal, de maneira que você adquira essas doenças as quais você não entende, e que por isso, não se podem curar.

Não te direi quem eu sou, porque isso não importa muito.

Mas quero que me veja como uma pessoa que está sempre do seu lado, que te conhece bem, que se preocupa com você. Quem sabe algum dia eu serei capaz de assumir a minha identidade.

Eu não sou quem você sempre acredita que eu seja, há de existir muitas outras pessoas assim como eu, que escrevem para você, eu não sou a única. Além do mais, não pense que todas as cartas sejam para você, quero dizer que você não está sozinha, não apenas porque recebe essas cartas, mas também não está sozinha quando outras pessoas ao seu redor também necessitam receber cartas como essas.

Eu imagino você lendo estes escritos e alimentando-se em muitas dúvidas, tais quais: “Como esta pessoa pode saber tanto do que está acontecendo comigo? Como sabe meus medos, minhas dúvidas, ainda mais quando eu as mantenho dentro da minha mente?” Não me veja como uma criatura sobrenatural.

Eu sei que você internaliza as coisas, esperando que elas se resolvam sozinhas e que morram dentro de você, ou que ao menos existam de uma maneira que não te machuquem, mas eu sei que isso não acontece, e você também sabe disso, talvez em algum outro momento da sua vida esse método já tenha funcionado, mas agora, tudo o que você guarda, te consome, cria raízes, se extende, aumenta, de maneira a te sufocar, a te causar feridas.

Isso eu consigo ver porque sua aparência é de tristeza, seus olhos parecem pesados, e você perdeu um pouco do seu brilho.

Você se vê em uma situação de perigo, eu te compreendo, quer dizer as coisas mas sabe que precisa escolher as palavras corretas, se você as diz mal, você não será a única a sair ferida, como ainda causará mal a outras pessoas que são importantes para você.

Mas você precisa dizer a eles, eu te escrevo agora para te apoiar, para que você tenha coragem de abrir o seu coração.

O que você vai descobrir, não será de todo agradável, muita informação você não ouvirá da maneira que esperava escutar, muito não será da mesma maneira que você pensava que era ou como você gostaria que fosse.

Mas isso não é de todo ruim, e você sempre terá o que aprender com os momentos ruins e com os momentos de dor.

Mas você vai precisar saber,

porque por mais que a verdade não seja sempre bela,

ela sempre é

a verdade.

 

Por: Isadora Mello, 2018

Créditos da Imagem: Weheartit

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *