Textos

Romeu

Neguei a vida do teu filho como meu

Resolvir cavar sua cova,

Romeu, na solidão de um único caixão,

O romance todo morreu

Eu não queria te adotar em minha vida,

incluindo o passado que não me pertenceu,

 

Então não me traga suas dores, seus velhos amores,

e não me leve a sua casa, que é mais velha que a própria cidade

E que carrega histórias cheias, de vidas que não acompanhei,

E a certeza de que nunca vou poder acompanhar,

 

Sei que parece egoísmo

Intolerência de quem não sabe dar oportunidade e tentar

Mas eu queria você bem limpo,

sem ressentimento ou passado

No meu ego exagero de querer ser a única da sua vida

 

Ainda me queimam as mágoas de eu não ser a primeira

Das realidades que não posso mudar

Eu não gosto de olhar tua vida

Que você já foi feliz sem mim

Que eu não sou os seus motivos

Que você pode cometer os mesmos erros

 

Que pode me trair, como traiu a outra

Mesmo que a tenha traído comigo

que acabou por ser isso,

que tenha me trazido você

 

Isadora Mello (2013)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *